Lançamento do livro e vídeo INVESTIGAÇÃO OPERÁRIA dia 29 de novembro de 2014

Livro e vídeo da INVESTIGAÇÃO OPERÁRIA mostram cooperação entre empresários,

militares e pelegos contra os trabalhadores na ditadura civil-militar

Investigação Operária - IIEP

No sábado, 29 de novembro, no Memorial da Resistência em São Paulo, houve o lançamento dos resultados da pesquisa Investigação Operária, sobre os mecanismos de repressão contra os trabalhadores nas fábricas em São Paulo durante a ditadura civil-militar.

Estiveram presentes na mesa dois dos coordenadores do Projeto Memória da OSM-SP, Jorge Luiz dos Santos e Sebastião Neto; a representante da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, Sueli Bellato; o presidente da Comissão Estadual da Verdade “Rubens Paiva” de São Paulo, Adriano Diogo; e o representante do Núcleo de Preservação da Memória Política, Ivan Seixas.

Investigação Operária - IIEP

O evento contou com a participação de aproximadamente 400 pessoas, na sua maioria trabalhadores que participaram ao longo dos últimos três anos da pesquisa, por meio de oficinas nas regiões industriais, dando depoimentos ou fornecendo documentos. A investigação produziu um vídeo, apresentado no dia, e o livro Investigação Operária: empresários, militares e pelegos contra os trabalhadores.

O livro recupera o histórico do DOPS, criado em 1924 para controlar os trabalhadores, e mostra a permanência da Lei de Segurança Nacional de 1935 até os dias de hoje, a estrutura sindical basicamente inalterada desde a década de 30, que facilitou a cooperação do sindicalismo de direita com a ditadura militar e com os empresários.

Investigação Operária - IIEP

Foram apresentados documentos, em sua maioria do Arquivo Público do Estado de São Paulo e do Arquivo Nacional, oriundos do DOPS-SP e do SNI, sobre a colaboração umbilical entre empresas e DOPS, por meio da qual os policiais agiam com liberdade dentro das fábricas, não apenas para reprimir, mas também para intervir diretamente nos conflitos trabalhistas.

Tão graves quanto são os documentos apresentados na mesa, que demonstram a plena cooperação da equipe de interventores no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, permanecendo na diretoria por vários mandatos junto à repressão.

Investigação Operária - IIEP

O DOPS foi uma espinha dorsal do sistema repressivo, mas há uma demonstração clara de que vários órgãos do Estado faziam parte de um sistema de controle e repressão aos trabalhadores – inclusive aquelas que deveriam defender seus interesses, como a Delegacia Regional do Trabalho.

Para ver mais fotos e outras informações, acesse nosso blog e facebook.

ALBUM:

Fotos de Jesus Carlos/Imagem Global

Investigação Operária - IIEP     Investigação Operária - IIEP Investigação Operária - IIEP                                                        Investigação Operária - IIEPInvestigação Operária - IIEP                                                        Investigação Operária - IIEPInvestigação Operária - IIEP Investigação Operária - IIEP Investigação Operária - IIEP                                                        Investigação Operária - IIEP                                                       Investigação Operária - IIEP   Investigação Operária - IIEP                                                     Investigação Operária - IIEP  Investigação Operária - IIEP                                                      Investigação Operária - IIEP Investigação Operária - IIEP                                                        Investigação Operária - IIEP  Investigação Operária - IIEP                                                       Investigação Operária - IIEP                                                      Investigação Operária - IIEP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s